terça-feira, dezembro 30, 2008

Pirineos

A Pau chegou e fomos ter com a Gigo, também chilena e toca de visitar Pamplona a fundo. E por estranhamente para todos a frase "No hace tanto frio, hein!" seguiu na ordem do dia. Aqui ficam as belas imagens de Pamplona, mesmo com tempo farrusco.

Além de que a memória de que San Fernmines nos espera aquece a qualquer um!


Mas a frase mudo um pouco para "Ostias, que FRIO!" quando o Pai da Itzi nos levou pelos Pirineos. Fazia frio, mas são paisagens incriveís. Javier, Leire, Foz de Arbaiun, Otxagavia, Belagua, Migas (com muito sebo) e muito mais...O roteiro do Santiago mas en coche, por supuesto!

domingo, dezembro 28, 2008

Não deixa de ser triste...

Não sei qual das visões é mais correcta mas independentemente disso, é uma situação muito triste. Ora uma das promoções do Auchan em França foi “Productos do Mundo”, onde como habitual se disponibilizaram um par de expositores para os diferentes productos. Muitos foram os países presentes e um deles Portugal. Agora, eu sei que temos uma Praça de Espanha, mas é ligeiramente diferente da que estava na nossa bandeira.


Agora, pôr a Praça de Espanha de Sevilha como símbolo Português é ignorância dos responsáveis da campanha ou é a popularidade do nosso país?

Confesso que primeiro pensei na segunda. Lá está, a imagem do nosso país, ainda mais em França onde para muitos ainda somos vistos como imigrantes ignorantes e mulheres com bigode. Mas considero acima de tudo a ignorância por parte de quem seleccionou as imagens. Por menor que seja a popularidade de algo, há que apresentar um trabalho fidedigno.

Embora Portugal transmita maioritariamente uma imagem negativa, há que valorizar-nos e não ver as coisas sempre da mesma perspectiva.

Mas, a verdade é que entristeceu-me. Agarramo-nos tanto aos descobrimentos e o quão grande fomos, mas a realidade já não é essa.

Ao estilo RFM, vale a pena pensar nisto…

sábado, dezembro 27, 2008

TGV maravilha.... 15h reduzidas a 5h. embora 15h de sono teriam saber bem.
Mas soube ainda melhor chegar a Hendaye e ver mi Itzi :D Alazne, Arantxa e o Carlos, uns porreiros que me foram todos buscar. Assim que foi aproveitar o dia e ir dar uma passeata por S. Sebastian e com um sol espectacular!


Claro passeata e pinchos!hmmm....buenooooosss! Mas claro bom bom é PAMPLONA!!!!!eheheh

Da recepçao nao falo. Familia Zabalza espectacular! Para alem do carinho, mais uma vez comida de mae!hmmmm...ha que aproveitar que uma semana depois voltamos aos tachos e cozinha fria.

Pois primeiro dia foi tanquilito, com cinematografia española muito boa! E alem disso no dia seguinte tinhamos que ir buscar a Pau aos expressos.Por isso ha que descansar.

AHHHH.....DISNEYYYY

Esta sim foi A PRENDA! Pareciamos a familia do sózinho em casa emq ue as 8 da manha estavama sair de casa com 4 crianças e uma carrinha rumo ao sonho dos niños...


Claro que tudo com um toque de avarias. Nao pensem que foi tirada em movimento, tivemos mesmo que encontar para esperar a mais velha e para arrefecer o carro que vinha a deitar fumo....ehehehe....Mas pronto com o dia preenchido que vamos ter ele arrefece. Pfff...e olhem que o frio ajudou!


Entrámos...e...AAAAAAAAAAAAAHHHHH...On'a arrivé!!!!!!!! aueeeee!!!

Brutal, gente, gente, lojas e apanhámos a dança matinal da Minie e os Duendes Brutal!
Ora bem, estratégia.... vamos começar pela Frontierland com a Casa do Terror, pedimos fast-pass para a Descida à mina e entretanto vamos ver o Jack Sparou. Vamo nooooo

E as avarias continuaram, às 14h já tinhamos andado duas vezes na montanha russa Indiana Jones, onde nao consegui imitir som de tanto rir com tantas descidas e loopings, Pirata das Caraibas, Fast Pass para o Peter Pan e .....BOINGG! Primeira avaria do dia...A descida à mina está com Problemas técnicos ....pff...lá fomos almoçar e aquecer a cara com os raios de sol do meio dia!

Nao há mina, há Adventureland, com escadas que se movem e seguimos para a Fantasyland com repartiçao de tarefas: Elodie e Nádia vao ao Neverland e Audrey e Stef seguem para a DiscoveryLand para os fast pass do Space Mountain.


O plano já estava feito e espectacular a forma como tudo se encaixou! Ora, Querida encolhi a Audiência, Star Wars, depois Buzz Lightyear e eu e a Stef desfile das personagens enquanto esperávamos pelo Space Mountain e Espectáculo do Rei Leao.


Pff.. Space Mountain e outra vez com lágrimas nos olhos! Brutal! Mas eu bem senti o Tio Arménio a segurar se ao meu joelho!! Lol , na segunda vez que tentámos já dizia que estava mal disposto!


Bom enquanto aguardavamos pela segunda volta no Space regressámos à Fantasyland com a casa da Bela Adormecida e A casa da Bonecas (onde Portugal nao existia!Fogo...nem um folclorezito???) e Ca...BOINGGG....segunda avaria do dia....o Carrocel também com problemas técnicos.


Bom vamos lá ver o Sapce outra vez....BRUT...BOINGG...e ai está outra incrivél avaria! Três avarias num só dia! Incrivél! Lá tivemos que aos Souvenires!



Um dia incrivel com um sorriso na cara...isto até pararmos a meio do regresso durante uns 45min porque o carro estava mesmo quente!eheheh...uns bons litros de anti-congelante, um tio mecânico e lá seguimos viagem.

Mal me despedi e já me estava a levantar para dar os PARABENS! e ir para Pamplona, mas claro em TGV.


Merci a TODOS!!

quinta-feira, dezembro 25, 2008

Aux Gargenville Empanturramento Natalício

Terminada a mini semana pela capital das luzes, fomos a caminho do conforto português.eheheh.... Como belas descendentes beiras que somos, montá-mo-nos no quimboio com trinta sacos a rebentar e fomos directas ao Auchan a preparar o grande manjar!

Foram dois dias de preparacao e 7 dias de comida, comida e mais comida!!!pffff...porque é que têm tanto queijo??!?! Mas claro deu tempo para passear e conhecer casas centenárias e as pegadas dos Borges por terras francesas e visitar a imigraçao local...hmmm..pasteis de bacalhau, à tanto tempo!!


Adita noite, foi uma mix portugues, guatemalo e francês. Um manjar francês, foie-gras, queijo, camaroes, uma espécie de Galo,ostras, que nao viveram nem um minuto no meu estômago, gambas, escargot, buzios enfim...horas de empanturramento com karaoke à mistura e crianças a rasgar trinta mil prendas.



Joyeux Nöel!!!!!

terça-feira, dezembro 23, 2008

Aux Champs Elysées...

É muito bom sentir-me em casa, por isso elegi o meu destino natalício Paris, a cidade que tirou a Disneyland a Jerez ( confirmado pelos locais).

Depois da chegada e do estágio de fds de estempaturramento de comida de mae, neste caso de tia, para a preparaçao da celebraçao do aniversário do miudo das palhas, fomos para Paris (eu Audrey).

Apesar de perto do Natal foi uma semana de trabalho assim que lá andei eu a desbravar les rues tout seul. Ou melhor, sozinha, sozinha nao foi, porque estive com os meus imigrantes...Laura e Matthieu. Resistindo que nem campeonas ao frio, pateamos, os Campos Elísios, ou melhor bicicletámos:)

video

Montmartre, Notredame, Louvre, Hotel de Ville, Bairro dos Artistas, Moulin Rouge, La Fayete, La Bastille, La Concorde, Opéra, Luxembourg, esperas de autocarro, escadas, estaçoes do metro, Gambeta, o Jim, 6 andares, a Edith e o Oscar, Torre Eiffel, Arco do Triunfo, Madaleine, Pompidou, La Defense, raclete, Itáliapfff..... e claro todas as ruas desta cidade GRANDE. (Mae a ver se te despachas, va:P).


Claro tudo acompanhado, com noite de primas, jantares maravilhosos, outros mais crus, cerveja a meio da tarde, café pela meia tarde, noites australianas e de estaçoes de comboio,muito bommmmmmm!

sábado, dezembro 20, 2008

Last Final Pack 2008

Última semana do pack, logo à que viver tudo a 100% e viver Jerez! E em época festiva que estamos isso incluiu obviamente, Zambombada na Damajuana, com o filho do Baldomero como palmero. Espetacular! Mas claro é necessário recuperar energia para a despedida do último momento pack, já que o Borzo ia dra umas voltas por Barcelona. Ou seja,


Quinta feira = Pack Goodbye


Mas foi uma despedida em grande, desde Damajuana, passando pelo Beeter com elementos de Abocajarro até ao last goodbye spot às 4h para que levassem o nosso "complemento" para o aeroporto.


Já desfalcado, foi sexta a ultimatum ao pack. Depois de diversas tentativas das últimas semanas para visitar a câmara escura del Alcazar foi impossível de realizar. Os horários estavam todos contra nós. Decidimos enáo acabar este Pack Stage comemorando com um jantareco ao qual faltou metade das pessoas( Paco, Antonio, Rafa e Chuli), comida mas que se tornou espectacular, já que à sobremesa passámos à divisao da frente( sim, a casa dos vizinhos é já como um anexo â nossa). Fomos os reis jerezanos, ainda que nao estivesse nem um autoctono presente. Mas era como se fossemos, já que chegámos ,pusemos a nossa música, terminámos com a fome que tinhamos e fomos filmados pelos Erasmus como se fossemos locais( nao percebo????! Só dançámos, girtámos e tocámos palmas!!).


Mas claro paradas nao podemos estar e seguimos a nossa rota habitual....Damajuana e Comédia. Melhor nao podia ter sido!

Bom, melhor podia, já que mal tinha caído no sono já me estava a levantar para irmos como zombies para a estaçao de expressos. Muita despedida, muitos, muitos bons recuerdos ....mas tem que ser, El Papa Noel espera-me.


Vamo que no vamo.....

domingo, dezembro 07, 2008

Sem mais nem menos

É como o dinheiro, desaparece e nós nem damos conta. Foi assim que ela desapareceu, numa das nossas noites de concertos pof...já nao sabiamos onde estava a minha Kodak. Fotografias de encontros imediatos com as mais populares estrelas de Jerez e Barcelona, da chegada da Mama Zé , de mil concertos, de viagens por Chipiona, Arcos de la Frontera, Puerto de Santa Maria, tudo!



Mas pronto, fica o registo cerebral;) e que registro!

Foi uma semana intensa de , exame de inglês, de concertos de Mister Cometa, Deliquentes y Muchachito (com despertar com as estrelas na nossa sala), Kiko Veneno, Tomasito, Garbanzo,Rock, Abocajarro!!!! Todo este cenário intercalado com a presença marcante, positiva e extremamente energética da Mama Zé. A visita incluiu até uma bela tarde de mosto, pelas quintas del Correjidor (gracias a nuestro guia autoctono, Borzo de Jerez), zambombadas ( com cubatas no chao, algo nos olhos e cortinhas estragadas) e claro a bela visita às caves Sandeman.



Uma semana culturofamiliautoctona. Gostei muito!!!

Agora restam-nos os últimos dias del Pack, mai kuin!

segunda-feira, dezembro 01, 2008

Hora de ponta

Não e por Jerez ser de dimensões mais reduzidas que uma grande metrópole, que não se produz o caos.


12h- hora de ponta no Carrefour.....


domingo, novembro 23, 2008

Veda-se e resolve-se

Temos um pouco a mania do desenrrasca, mas olhem que os Andaluzes.


Está partido, epa! poe-se aqui uns pinos e pronto!

Brutal!

quinta-feira, novembro 20, 2008

Take 2

Os preparativos para o Take 2 de "Unos Cumpleaños Sensacionales" seguiram um pouco atarefados, pela falta de criatividade. No entanto, bem à justinha, como sempre, conseguimos encontrar a prenda relaxantemente ideal.

Em semelhança à sequela anterior a Pau também teve direito ao pack, "Vamos surpreendela dos veces". Ora, enquanto na véspera terminávamos de comprar o seu regalo fomos preparar também o bolo de aniversário , como sempre na casa dos vizinhos. Portanto, sempre no limite, estamos eu e a Hary no Carrefour e entra a Pau, pumbas, timtimtintimtim, filme James Bond, a Hary "Escondete,pero si ella llega, reacionamos normalmente", claro, e eu com um frasco de pepitas de chocolate colorido e uma vela na mão. Tudo muito natural!Com o obstáculo ultrapassado, dado a espassarez da Pau, aproveitamos para entrar em casa e trazer os ingredientes para a casa dos vizinhos. Já é como se fosse a nossa cozinha!


E surpreendemos. A ela e a nós, quando a Hary e o Antonio, entram na sala com o bolo e eu a tocar os "Cumpleanos Feliz" com ritmo mexicano e eles em camara lenta. Enfim aquela coordenação, básica!


Surpresinha boa, bolo de bolacha espectacular e no dia seguinte, o senhor Aniversário. Lá está, uma celebração com sabor a carne, Mesón. Uma Carrillada, prato de Patatas, Sara, Conti, Eu, Hary , Pau e Poque Mesón, uma festa. Mais uma vez surpreendida, com o delicioso cheesecake com um nove e um dois manual;)



Para um digestivo, Damajuana e os seus encantos.

Feliz Cumpleaños Weona!

sábado, novembro 15, 2008

14 Cumpleaños de la Hary, sabe?

Os próximos posts vão ser post-express. Vai ser numa onde de lusco-fusco de os dias que passaram.

Ora, os Borges foram embora e ficou o ppl das canárias. Tínhamos então que preparar o jantar surpresa da Hary. Muitas chamadas, a Itzi a fazer de conta que íamos fazer um jantar bastante simples, algo sem significado, as pizzas a serem feitas no forno dos vizinhos, o pessoal a chegar, as luzes apagadas e algo parecido com "Surpreaños, yeahhh". Mais uma vez apanhamos a Hary de surpresa com uma mega cena e parte musical, com o nosso guitarrista, Kiko.


Aproveitámos também para retroceder no tempo e voltar ao dia 17 de Setembro e receber a minha prenda de anos! A 1C está tao bonita agora!



A noite seguiu a sua rotina saborosa, Damajuana, Carboneria e um "vamos por favor que já não aguento mais", claro que tudo acompanhado de mais uma vedeta musical, Borzo de Jerez.



No dia seguinte a Sine e Yure voltaram para Las Palmas e nós seguimos os preparativos para os anos da Pau, entre uma semana mais tranquilita aproveitando los Jereles e um Barzinho Brasileiro.

quarta-feira, novembro 12, 2008

Efeito Bola de Neve

O efeito bola de neve dá-se em diferentes situações. No caso em concreto que vou contar tem a haver com visitas. Ora, à uns meses atrás Audrey: "Vou visitar-te, pah"(com uma pronuncia francesa que parece luso-africana). Dito isto, recebemos umas chamadas....Amigas da Hary: "Que vamo a hacer una surpresa a nuestra Hary, para sus cumpli, sabes?". Entretanto, vi logo que eram mais espanhóis que portugueses. Pimbas....Manos:"Vamos ai dominar os Jereles".BORA!!!!!

Ordem de chegada, no Sábado:

19h00: Audrey
22h30: Eu "Os meus hermanos chegaram, vou busca-los"
22h32:Yure y Sine e António Chegam à Sala
22H 32m 5s: Hary fica com ar de parva
22h 32m 7s: Hary salta para cima das Amigas
22h33: Todos a sorrir
23h30: Registo de um AX na Mamelon
23h32: Está alguém a dominar completamente as ruas de Jerez com um AX.
23h40: Colchão do Muñoz está a ser enchido pelo potente isqueiro do AX
23h43: Alguém com um domínio espectacular da máquina AX estaciona em contra mão e numa zona fora de parquímetro.
23h45: Começa a Festa....

Sendo um somatório de 10 fomos como uma manada para o rotei habitual:

Damajuana,

Comedia

Enquanto não se sentiu o frio do chão ou o pé do outro no olho conseguimos recuperar energias para irmos desayunar pelas ruas desertas de Jerez.
Uns aproveitaram para seguir recuperando as energias outros foram a caminho de Puerto de Santa Maria. Segundo consta registou-se uns movimentos axiscezanos com um domínio completo da cidade, que só pararam quando não entraram numa urbanização privada e como sola por-se.

Depois de continuarmos a comer en el Puerto seguimos para Jerez a beber mais chá, para a Teteria, e depois seguir para o Mesón.Depois de bloquear o corredor com as nossa mesas/cadeiras ninguém mais abriu a boca até não poder meter nem mais um cm3 de comida no estômago. Já no nosso estado habitual de "cuerpo a punto de explotar" senti-mo-nos capazes de ir voltar a esgotar o pouco oxigénio que existia em casa.

Na segunda Feira, a deu-se a visita habitual às belas Bodegas Sandemán(lido em espanhol) e uma volta por Cadiz com um novo domínio rodoviário. Chegados a Cadiz fomos preencher os poucos espaços vazios que tínhamos no estômago. Ora uma mega taça de chantily com uma bolita de gelado e passámos para a esplanada ao lado para terminar com uns montaditos. Não foi só comer. visitámos a souvenir shop Yupi, a Catedral, que parecia maior do que na realidade e regressámos a los Jereles.

O jantar foi por conta do Lidl, que depois de ter sobrevivido às surpreendentes formas de contornar rotundas, foi preparado e refastelou muitos estômagos quase cheios. A noite continuou com muita baraja espanhola e terminou nos 4 Gatos.

A terça feira não deu para muito, mas mesmo assim, ainda conseguimos voltar ao Puerto, comer salsichas do lidl ainda pegadas, sopa com muita vitamina, e óleo a que chamavam fritos. Tudo isto observando a fauna da zona e o trabalho milimétrico dos polícias andaluzes. Deu ainda para conhecer uma dos poucos portugueses por estas zonas e deixar a Decathlon para o sentido contrário.

Poucos dias mas deu para muito. Já sem mis Hermanos, a noite seguiu mais calminha para mim e para a Audrey que foi hj embora. (estas fotos ficaram a cargo do Nuno e da Audrey)

Hj Aniversário da Hary e um mesito mais e ...PARIS

sexta-feira, novembro 07, 2008

Los niños en Cai

E a vida cultural continua. Depois de trocas e baldrocas que nos impossibilitaram ir a um dos concertos de los niños, aproveitámos a oportunidade de ir a um em Cai (Cadiz). Ora, preparado o farnel, lá nos metemos pela carretera.

Encontrámos a fauna musical jerezana no recinto. No entanto, mesmo com a extrema importância da nossa presença, o concerto não foi dos melhores.Começando com um desafino pior que os meus, quando estávamos a ganhar o gostinho.pufff...terminou.





Bom ou mau, claro que o lo pasamos del carajo!

video

quarta-feira, novembro 05, 2008

Fauna Musical

Como já tinha comentado, Jerez está recheado de conteúdo musical. Desde os opel tigras altamente tunados a gritar flamenco, passando por um café e mais flamenco à desgarrada até ao ao conservatório que nos sonoriza todos os dias, tudo tem o seu toque harmónico.

Contudo, nós vamos mais além chegando à fauna musical profissional que passa pela Damajuana.

Assim, Delinquentes( los niños), Mister Cometa, Palmeros e quantos mais músicos e bailarinos já sao nuestros compares.


Ora, assim sendo, recheamos um pouco a nossa agenda cultural com concertos acustico do nosso Kiko dos Mister Cometa.



Ole Ohe!

terça-feira, novembro 04, 2008

El arte a los Viernes

Sendo a nossa casa uma organização muito pro activa decidimos conciliar a dita crise com o movimento verde. Ora, seguindo a inspiração de origens romenas na calle larga decidimos dedicar as sextas feiras à reutitilização e rentabilização de latas vazias.

Iniciámos então o processo com a construção de cinzeiros.


Mas como temos que combater a concorrência adicionamos uma inovação aos nossos produtos, portanto para além dos cinzeiros, temos disponíveis também incenineros.

Deixo de seguida um vídeo explicativo para aplicação do mesmo em casa. Contudo já sabem que poderão encontrar os nossos produtos en los callejeres de los jereles e com mais inovações.


video


quinta-feira, outubro 16, 2008

Evolução no 1A

Um fim de semana fora e há evolução cá em casa. Depois de termos alterado a nossa sala, pondo o armazém no canto oposto...tivemos a noticia da nossa senhoria que íamos ter....tcharararannn...

UM MICROONDAS!!!!!

Pelos visto eu e a Itzi é que vamos dar-lhe o devido uso, mas hoje já experimentei a maravilha de ter só que lavar o taparoer e o prato... tachos e panelas só quando fizer comida!

É tão bonito e já está completamente integrado no seu habitat. A cesta da fruta já está por cima, está ao lado do fogão para apanhar aquela cor amarelada da gordura... enfim... um tempinho e fica já enquadrado numa cozinha compartida!

Do mais autêntico

Que grande parte dos casos mais delinquentes têm a assinatura de Andaluzia por baixo, isso já tínhamos reparado...mas meus amigos, faze-los chegar a Jerez já se estão a esticar.

Mas é verdade, a crise ataca tb aqui na Andaluzia assim como os serviços de saúde e as filas de espera.
E aqui com o sangue gitano nas veias... pimbas, pobres dos funcionários.

É mau, mas não deixa de ser o mais autêntico....

terça-feira, outubro 14, 2008

La movida Madrileña

Quatro horas de comboio e dois filmes com som espanolado e cheguei à estación sur para ir visitar a pandilla que está pela capital. Era uma jerezana contra 22 madrileños. Pois chegada à zona del Estretecho que é como quem diz, quarteirão do CEF sul americano, fomos conhecer a decathlon de Madrid. É uma costume que eu tenho... há quem colecciones t-shirts dos sitios, eu visito centros comerciais. Meia hora e já estávamos a pirar-nos para o coche enquanto os chicos ficaram pelas compras. A Inês foi para casa e nos seguimos para o Prado ter com a Marisa e duas amigas. À noitinha juntá-mo-nos no estrecho outra vez para irmos jantar a comemorar os anos da outra Marisa. Éramos então cerca de 15 representações portuguesas e uma espanhola num italiano muito chic.
Ora à noite com um digestivo em casa onde se juntou o resto do pessoal, amigos espanhois da Marisa já borrachos e vizinhas da frente muito internacionales que vinham de um casamento e com álcool nas veias. Quando demos por nós éramos 50 na casa e polícia a bater à porta. Mas com tranquilidade tudo se solucionou;)



No domingo demos conta do numero de pessoas que pernoitaram na casa e das dores de cabeça de muitos. Deve ter sido do cansaço!
Entretanto, com do dia da espanidade os Reis estavam à nossa espera e marchamos para a Cibeles viver o Festival Viva América. Parecia que o CEF tinha aberto as portas e era só sul americanos. Pois com demonstrações culturais de cada país ( uriguai, colombia, México, Cuba...) assistimos à parada latina com camiões, onde entre eles, Orishas e Daniela Mercury. No meio da confusão consegui encontrar a Maria e matar saudadades ao som da Dany que não parava quieta!
Foi basicamente, Brutal! Tarde fernética e noite com jantar de tapas com a Maria e filme Ratatouille em casa da Inês.


Fim de semana muito animado mas segunda feira há que voltar ao Sul. Planeei então, depois de ter perdido o bus da manhã, ir no das 16h30 e assim ainda dava para passear um pouco. Comprei então o ticket e fui conhecer a La Latina, repleta de chinos e outros com todas as bujigangas para revenda, mas com uma arquitectura espectacular, o Lidl da La Latina e baixei até Atocha. Às 16h30 montei-me então no bus numero 12, da via 13 e entreguei o bilhete para Jerez de la Frontera. DISSE JEREZ DE LA FRONTERAAA!!! Depois de 8h abafadissimas de bus, com dois filmes que não conseguia ver, cheguei a Sevilha onde me disseram...este bus vai para Huelva! Ou seja, apesar de tudo bater certo com as informações na estação de Madrid, caso não tivesse perguntado, tinha ido para Huelva. Bom, não é que Sevilha traga grande solução porque tinha que passar a noite inteira na estação porque comboios só às 6h! Mas os 5 cêntimos da sorte ajudaram e lembrei-me que a Hary estava pela cidade.
Ou seja, noite no hotel, quentinha e ida para Jerez às 9h directamente para a bodega.

É assim....há sempre que contar. Muito bom estar por Madrid. Marca Andalu registrada;)

A fuera de los Jereles

Falamos muito da calonice portuguesa mas olhem que los españoles também têm jeitinho para a coisa.
Pois sendo 5a feria passada feriado del Patron e calhava bem ir logo de fim de semana...puseram-se sorrisos na empresa com a ponte já planeada desde o inicio do ano. O meu sorriso, porém, ainda se alargou mais quando soube que 2a era feriado também. E este sim é o Senhor Feriado. Ora, como o dia da Espanidade calhava a um domingo, o que tira a lógica toda do feriado na óptica do obrero, toca a passá-lo para segunda!Genial!

E assim foi, graças à lógica espanhola fui de finde logo na quarta feira. As meninas, estavam cada uma para sua ponta e eu e a Hary decidimos rumar a Córdoba. Ora, como sempre a correr para o comboio partimos rumo ao hostal que só tínhamos para dois dias arriscando ficar uma noite pelas calles da cidade.
Começou bem...chegadas ao hostal: a chica da recepcao para outro casal, Epa desculpem la mas há overbooking e têm que ir para o hostal Las Palomas(que por causualidade tinha o bar correspondente e nos foi mais tarde recomendado pela chica). E , apesar da reserva estar feita à um mês e ter sido confirmada na segunda feria.... a chica continuou a sentir muito mas tinham que bazar..eheheheh. A nós calhou-nos ir trocar dinheiro a rua, porque não tinha troco e não podia cobrar mais targetas porque o chefe tinha limite de comissões.O melhor ficou qd soubemos que o nosso humilde quarto, que parachegar tinhamos que cruzar um terraço mt bom, era a compartir com 3 chinos e um polaco que dormia de cuecas espremidas, ficava no 40 andar sem elevador e duas pesadas malas para levar. Mas ao menos ficámos com vista privilegiada para a casa de banho (cuja porta tinha um vidro fosco) e nunca nos sentimos sozinhas pois a isolação espanhola e tão boa que a recepcionista parecia estar no lado de fora da janela.


As manhãs compensaram o roncar do polaco. Desayuno no salão arábecom musica ao vivo.mt bom...Córdoba parece uma metrópole quando saídas dos Jereles. Para além de muito simpática o centro histórico é engraçado. Pela noite, é tudo um pouco mais fashion mas mesmo assim ainda assistimos a stand-up comedy muito boa.


Como, conselho turístico fomos ver a Mesquita que é património da humanité. Pois, os jardins e as fachadas exteriores são preciosas mas por dentro a presença católica é tanta que corta um pouco o ambiente muçulmano. De qualquer forma valeu a pena. Os cordobeses são simpáticos e também fazem botellon!
A compensar a Mesquita têm um Alcazar, castelo, com jardins muito agradáveis e com entrada gratuita no dia em que fomos!eheheh. Além disso era um castelo moderno, com extintores, computador...que bem vive a realeza!





No sábado separá-mo-nos ... Nádia: Madrid, Harrry: Sevilla

domingo, setembro 28, 2008

Toma que toma português

Semana recheada de chuva e muita animação não podia terminar melhor com presença portuguesa!

Quinta feira lá chegaram eles, Carina e Fábio, com um bronze de meter inveja e que disfarça as peripécias que tiveram durante a viagem.Foi como se fosse feita ao empurrão;)

Pois bem, con un hambre desgraçada fomos abastecer-nos ao Méson para depois passar à bela Damajuana. Uma noite de ambientação nocturna.

Sexta -feira, com a trabalhadora a levantar cedo, foram fazer a bela visita particular com uma degustação à portuguesa na bodega. Ah, pois é, quem domina, domina.

Como sexta feira que é, jantarzinho em casa com continuação de degustação alvarinho e depois o roteiro típico...jaima ( para nso juntarmos à Itzi, Ari e António)damajuana, comédia. Sim, Jerez tem muita tradição mas a oferta, obviamente, é proporcional às suas dimensões.

No sábado não fomos desayunar churros mas deu para irem visitar Arcos de la Frontera enquanto eu e a Itziar lutávamos com a chuva e patinávamos nos charcos de jerez...uma autêntica Atlântida.

Mas claro, com uma visita de peso, temos que dar o nosso toquezinho português também, por isso, petisco para noite...gambas, tostas, alvarinho e tortilha de batatas. Ah...é muito camarão porque elas não vão comer, pensei eu. Mas quando me dei conta que já tínhamos posto o segundo prato de camarões na mesa onde apenas os três animaizinhos estavam a atacar...sobraram 4 bichinhos!


A noite, foi mais calminha, sempre pelo mesmo andar do prédio. Depois de empetiscarmo-nos, passámos ao digestivo com os vizinho da frente. Isto com um toque de flamenco y percussões.


A noite seguiu pelo roteiro habitual, com outra visita de pamplona, Mirem, e despedida bem cedinho.


Gracias por la visita:D

quarta-feira, setembro 24, 2008

Garrapateros, Callejeros

A festa da vindima não podia acabar de melhor forma. Depois de ter perdido um exclusivo concerto em Agosto tive a minha recompensa.... Los Delinquentes na Alameda Vieja , Jerez de la Frontera.



Para além de conhecer quase o seu reportório todo, juntou se um grupo muito louco e desfrutamos da suas musicas.
Os Delinquentes é um grupo aqui de Jerez que aparvalham e que complementam com musica de grande qualidade. Para além de terem o seu estilo muito próprio misturam, rumba,salsa, flamenco, bolerias reggae e tudo isto com uma qualidade em palco impressionante.


Apesar de ter sido curto, valeu mais que a pena!

Algumas das suas animações...


video